Modelos de cor: RGB e CMYK

Modelos de cor: RGB e CMYK

Publicação: 07/01/2019
Área:Design Gráfico e Marketing Digital

Entendendo os modelos de cor RGB e CMYK

A cor é um elemento essencial no trabalho de um Designer Gráfico, e é fundamental o profissional ter um entendimento de aspectos de aplicação da cor, psicologia das cores, harmonia de cores. Mas também aspectos técnicos da representação de cores são importantes de serem compreendidos, especialmente no uso de computadores no trabalho gráfico.

Para representar uma cor no computador, tanto para ela ser exibida em uma página web quanto para ser impressa em um cartaz ou folder, precisamos de um modelo de cor, que define como o computador registra aquela cor. Os dois principais modelos de cor são o RGB e o CMYK. Tipicamente são utilizados, respectivamente, para imagens que serão representadas no computador e imagens que serão impressas, mas é importante entendermos o que é cada um.

RGB é uma representação de luzes, em que R, G e B representam, respectivamente, vermelho, verde e azul (Red, Green e Blue),as três cores primárias de luz, com as quais podemos fazer todas as cores visíveis para o olho humano. Nesta representação são utilizados três números (geralmente, mas não necessariamente, de 0 a 255), em que o número maior representa o máximo de luz daquela cor. Assim, com R = 255, G = 0 e B = 0 temos uma cor vermelha pura com o máximo de intensidade, enquanto R = 255, G = 255 e B = 255, temos todas as cores no máximo, o que gera a luz branca.

CMYK é outra representação, em que são usados quatro números para representar quatro tintas diferentes. Portanto, é uma representação que será utilizada para impressões. Em tintas as cores primárias são diferentes das cores de luz, e utilizamos Ciano, Magenta e Amarelo (Cyan, Magenta e Yellow). Com as três tintas primárias teoricamente podemos criar as demais cores. Por várias questões, inclusive a economia, utiliza-se ainda a cor preta, representada por K. A representação em CMYK, portanto, indica a quantidade de 4 tintas diferentes. Se todos forem 0, nenhuma cor é aplicada, e portanto temos o branco (assumindo que o papel em que a tinta é aplicada seja branco).

A representação RGB nos permite ver exatamente o que é mostrado na tela do computador, enquanto a representação CMYK na tela do computador nos mostra uma representação mais próxima (mas não exatamente igual) de como uma cor ficará quando impressa. É por isso que RGB é utilizado para imagens gráficas e para Web, e CMYK é utilizado para impressão.

No vídeo sobre cores da Alfamídia temos a apresentação deste e outros aspectos da cor, que são conceitos teóricos importantes para o Designer.